Bandeira
Comunicados

Bandeira "942 - Só queremos o que é nosso" apresentada ao Primeiro-Ministro

A Federação Nacional da Educação (FNE) vai entregar no próximo dia 8 de fevereiro, pelas 16h30m, na Residência Oficial do Primeiro-Ministro, um álbum de fotografias que testemunha o percurso e ações da iniciativa lançada pela FNE com a bandeira gigante que percorreu todos os distritos do Continente, com a mensagem “942 – só queremos o que é nosso”.

Esta campanha, iniciada em 11 de janeiro, consistiu na apresentação e exposição em todos os distritos do Continente de uma bandeira onde se afirmou a mensagem “942 – só queremos o que é nosso”, tendo recebido uma expressiva adesão em todos os locais por que passou, fossem escolas ou espaços públicos, provando-se desta forma que a reivindicação da recuperação de todo o tempo de serviço que esteve congelado, 9 anos, 4 meses e 2 dias, continua a mobilizar todos os Docentes portugueses.

A Lei do Orçamento de Estado para 2019 é imperativa quanto à obrigação de se realizarem negociações com vista à determinação do prazo e do modo em que deve ser garantida a recuperação integral do tempo de serviço congelado, com todos os docentes envolvidos nesta iniciativa a insistirem na necessidade e urgência da abertura das negociações previstas na Lei do Orçamento de Estado para 2019.

Nesta ação em frente à Residência Oficial do Primeiro-Ministro será também entregue uma Resolução a aprovar em reunião do Secretariado Nacional da FNE, de 8 de fevereiro, que reafirma a mensagem – “Respeito pelas pessoas, respeito pelas instituições democráticas e respeito pela negociação”.

Convidamos todos os Órgãos de Comunicação Social a acompanharem esta iniciativa.

Porto, 5 de fevereiro de 2019

A Comissão Executiva

Calendário Escolar 2018/2019

Calendário Escolar 2018/2019

O calendário de atividades educativas e escolares constitui um elemento indispensável à organização e planificação do ano escolar por cada unidade orgânica que integra o sistema educativo.

Ler Mais

AS MAis Lidas

Ação sindical (+) 2019-01-04 às
Voltar ao topo