FNE presente em reunião de Sindicatos da CPLP-SE
Internacional

FNE presente em reunião de Sindicatos da CPLP-SE

Realizou-se hoje um encontro entre os delegados dos Sindicatos da CPLP-SE (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa - Sindical de Educação) presentes no 8º Congresso Mundial da Internacional da Educação, em Bangkok, na Tailândia.

Os trabalhos iniciaram com referências positivas os passos que têm sido dados para a concretização da CPLP-SE no seio da IE, na sequência do protocolo estabelecido e que começa a tomar forma, sendo sublinhado o facto de o uso da língua portuguesa como língua de trabalho neste Congresso ser um sinal da importância que esta tem vindo a ganhar.

Nesta reunião reforçou-se ainda a ideia da necessidade de se trabalhar para definir um plano de atividades para 2020, com os apoios que possam vir a  ser alcançados de forma a possibilitar a definição e a concretização desse plano.

Foi debatida a necessidade de ser criado um plano político da organização que defina as linhas principais de ação. Neste contexto, ficou estabelecido promover proximamente - até outubro - uma reunião de representantes de todos os países para definição desse projeto e que permita avançar-se no domínio da formação em língua portuguesa, no âmbito de uma Academia Sindical da IE.

João Dias da Silva, Secretário-Geral (SG) da FNE (Federação Nacional da Educação), interveio para saudar o trabalho que está a ser feito no sentido da afirmação da CPLP-SE, considerando essencial reforçá-la na sua dimensão política e na sua dimensão de formação, afirmando que a FNE participará ativamente na sua definição e na sua concretização.

Foi depois exposta a situação de Angola, onde foram sublinhadas as tentativas do governo para atrair - sem sucesso - as três centrais sindicais para a apresentação de propostas de lei sindical, tendo-se estas recusado a contribuir para a produção legislativa sobre os direitos sindicais, uma vez que este processo está  a ocorrer num contexto que fere os direitos e as liberdades sindicais, terminando a pedir a solidariedade sindical da CPLP-SE neste processo.

A situação sindical docente em São Tomé e Príncipe também foi discutida, tendo sido anunciada a realização de um Congresso em 2020, com as organizações sindicais presentes a serem convidadas para participarem, existindo ainda interesse em que na altura se realize uma ação de formação.

Os representantes sindicais de Moçambique apresentaram também a preparação do próximo Congresso, em 21 e 22 de agosto, que vai transformar a Organização em Sindicato, convidando todas as organizações presentes a participarem nesse Congresso, manifestando também interesse em realizar formação na mesma oportunidade.

A terminar este encontro, a Federação de Sindicatos do Ensino Superior do Brasil, presente nesta reunião, anunciou o interesse em pedir a adesão à CPLP-SE, tendo obtido a concordância de todos os presentes.

AS MAis Lidas

Atualidade 2019-03-20 às
Ação sindical (+) 2019-01-04 às
Voltar ao topo