Consulta Nacional da FNE avalia condições de trabalho e emprego do Pessoal Não Docente
Comunicados

Consulta Nacional da FNE avalia condições de trabalho e emprego do Pessoal Não Docente

A FNE e os seus três sindicatos de Trabalhadores Não Docentes da Educação – da zona norte (STAAE-ZN), da zona centro (STAAE-ZC) e do sul e regiões autónomas (STAAESul e RA) - lançam, de 4 a 11 de novembro de 2022, uma Consulta Nacional que visa conhecer, de forma mais aprofundada, a situação dos Trabalhadores de Apoio Educativo (Pessoal Não Docente), nos papéis que lhes são atribuídos e nas suas condições de trabalho e emprego, no presente ano letivo.

A FNE pretende com estes resultados realizar uma reflexão consistente para que se garantam sempre condições de respeito pelos Trabalhadores de Apoio Educativo (Pessoal Não Docente) das nossas escolas, para além de se determinarem contributos que permitam robustecer a ação da FNE e dos seus Sindicatos, para que se atinjam objetivos de promoção da valorização e qualificação destes Trabalhadores.

Apesar da sistemática desvalorização do trabalho destes profissionais, bem como do seu pouco reconhecimento, a FNE não desiste de lutar pela justiça dos direitos destes Trabalhadores, assim como pelo reconhecimento dos seus conteúdos funcionais específicos e o restabelecimento das suas carreiras especiais, que continuam a ser objetivos das suas reivindicações, assim como a revisão da Portaria de rácios e o combate efetivo a todas as situações de precariedade.

A FNE persiste na luta pelo papel e dignificação destes Trabalhadores, quer no setor público, quer no setor privado e social, pois estes já provaram ser um dos pilares que sustentam o nosso sistema educativo.

Esta Consulta Nacional estará disponível para preenchimento no site da FNE (www.fne.pt) de 4 a 11 de novembro de 2022. Os resultados serão divulgados posteriormente, em data a anunciar.

 

Porto, 4 de novembro de 2022

A Comissão Executiva da FNE

Voltar ao topo