Marçal Grilo:
Webinários

Marçal Grilo: "A escola dá asas e faz voar"

O ex-Ministro da Educação, Eduardo Marçal Grilo, foi o primeiro convidado do ciclo de Webinários "Que caminhos para a escola na pós-pandemia?", organizado pela Federação Nacional da Educação (FNE) e pelo Canal4 da AFIET (Associação para a Formação e Investigação em Educação e Trabalho).

Na moderação estiveram João Dias da Silva (Secretário-Geral da FNE) e Lucinda Manuela Dâmaso (Presidente da UGT, Vice-Secretária-Geral da FNE e Presidente do SPZN).

Uma das ideias centrais de Marçal Grilo tem que ver com a urgente vacinação dos educadores, professores e não docentes, que deveriam estar colocados num eixo prioritário, na medida em que "são agentes num serviço essencial para a sociedade como é a educação".

O ex-Ministro da Educação de António Guterres evidenciou, ao longo de mais de uma hora de intervenção, as marcas que a pandemia vai deixar na escola que, em seu entender, são mais positivas que negativas. Desde logo o facto de a pandemia ter demonstrado a enorme capacidade de adaptação dos profissionais de educação para se adaptarem rapidamente e criarem soluções, no sentido de resolver as circunstâncias disruptivas que esta pandemia criou, em tão pouco tempo, a toda a comunidade escolar.

Em segundo lugar, o ter demonstrado à sociedade a importância da escola e o seu impacto para o futuro dos jovens. Segundo Marçal Grilo "tudo isto surpreendeu muita gente, mas a mim não. Sempre acreditei na capacidade de todos os profissionais nas escolas para reagirem desta forma".

Sobre o futuro, o orador convidado deixou várias ideias que passam pela escola ter que ser vista como uma organização e dever ser detentora de uma maior autonomia relativamente à tutela. Tudo isto salientando sempre a crucial importância da educação de base para uma aprendizagem ao longo da vida.

E para reforçar essa educação pré-escolar é necessário criar escolas fortes, com lideranças e equipas coesas, objetivos e planos de ação delineados à medida das comunidades, a que cada instituição de ensino esteja afeta. São estes os fatores que fazem com que cada escola seja uma organização única. Adicionalmente, precisamos duma escola assente na criação de jovens com valores, com sentido ético, com respeito pelos outros e que nunca desistam: “Os jovens não podem desistir e têm de perceber que é com os erros que se aprende e só assim podemos crescer e melhorar”, salienta Marçal Grilo.

Para o ex-Ministro da Educação "uma das evidências da pandemia foi que destapou a pobreza e as desigualdades", alertando que a escola per si não consegue combater esta situação, mas tem um papel fundamental a desempenhar, "educando as pessoas e servindo de elevador social para os mais frágeis e mais desprotegidos. A escola dá asas e faz voar”.

Reveja aqui a intervenção de Marçal Grilo e leia a reportagem completa sobre este webinário na edição de janeiro de 2021 do JORNAL online FNE.





Voltar ao topo