Resolução do Secretariado Nacional da UGT - 25 de novembro de 2021
Atualidade

Resolução do Secretariado Nacional da UGT - 25 de novembro de 2021

As expectativas, a defesa e a luta dos trabalhadores não caem nem se dissolvem

O Secretariado Nacional da UGT, aprovou, por unanimidade e aclamação, uma resolução que abordou os seguintes temas:

- A DIGNIFICAÇÃO DO TRABALHO É UMA AGENDA DE TODOS

- NEGOCIAÇÕES PARA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CULMINAM EM MAIS UM ANO DE ESTAGNAÇÃO SALARIAL

- EXIGEM-SE MEDIDAS CONCRETAS PARA RESOLVER OS PROBLEMAS DA EDUCAÇÃO

O Secretariado Nacional da UGT reafirma a necessidade de que, na área da Educação, a próxima Legislatura constitua a oportunidade para que sejam assumidos, em sede de negociação e concertação, os problemas que continuam por resolver, e que se traduzem em grave prejuízo para os nossos alunos, como é o caso da insuficiência de educadores e professores, e ainda na acumulação da precariedade e da insatisfação entre todos os trabalhadores do setor.

O atual Ministro da Educação é responsável pelo ensino básico e secundário há seis anos. Em seis anos, não só recusou o diálogo e a concertação, como ignorou os problemas e a necessidade de para eles propor soluções, acolher as propostas que lhe foram apresentadas e reconhecer, valorizar e motivar os profissionais que tutelou.

A recente divulgação de um relatório encomendado pelo próprio Ministério sobre as necessidades de docentes para os próximos anos concluiu o que toda a gente sabia, isto é, que com o ritmo a que os professores se vão aposentar nos próximos anos, não vai haver docentes em número suficiente e os que estão a ser formados vão ser poucos para o que vai ser preciso.

O que é lamentável é que o Ministério da Educação tenha desprezado todos os estudos que ao longo dos últimos anos várias entidades realizaram e as propostas que tantos, incluindo os sindicatos da Educação da UGT, lhe fizeram chegar.
Vamos ter agora eleições legislativas e uma campanha eleitoral em que os partidos políticos vão anunciar as suas opções para o futuro e é fundamental que sejam claros nos seus manifestos eleitorais.

É preciso ter consciência de que só teremos uma educação de qualidade se houver investimento que permita a valorização dos profissionais do setor. É preciso fazer crescer as remunerações, é preciso acabar com a precariedade, é preciso que os professores possam concentrar-se no que é nuclear na sua profissão e que é o trabalho direto com os alunos, é preciso compatibilizar o tempo de trabalho com o tempo pessoal e familiar, é preciso o rejuvenescimento de todos os profissionais da área da Educação, é preciso garantir um acesso à aposentação em tempo adequado.

A UGT considera imprescindível que se assumam medidas concretas para resolver os problemas adiados da Educação.

Foram 6 anos perdidos.

- PROTESTO E APELO ÀS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS EM PROL DOS BANCÁRIOS

- JUSTIÇA PARA TODOS OS TRABALHADORES

- A VACINAÇÃO SALVA VIDAS | VACINAR É PRECISO


Consulte aqui a Resolução da UGT de 25 de novembro de 2021
Voltar ao topo