Parecer da FNE sobre as propostas apresentadas pelo ME
Comunicados

Parecer da FNE sobre as propostas apresentadas pelo ME

A reunião de negociação do passado dia 18 de janeiro demonstrou, mais uma vez, a ausência, por parte do Ministério da Educação (ME), de resultados práticos e de medidas concretas de valorização da carreira e das condições de trabalho dos docentes.

É urgente que se dê uma resposta positiva à mais que visível revolta dos docentes e se alcancem soluções em que todos os educadores e professores portugueses se revejam e se sintam mais reconhecidos e valorizados pelo Governo, a quem compete essa valorização, em termos remuneratórios e de condições de trabalho.

Nesse sentido, a FNE enviou hoje de manhã ao Ministério da Educação o seu Parecer Sobre as Propostas apresentadas pela tutela na reunião de 18 de janeiro de 2023, relativamente aos seguintes temas:

A ─ Revisão do Diploma dos concursos.

1 – Redimensionamento geográfico dos atuais QZP;

2 – Critérios para abertura de lugares de quadro;

3 - Vinculação e colocação por graduação profissional;

4 - Correção das ultrapassagens;

5 - Conselho Local de Diretores;

6 - Gestão dos recursos humanos docentes;

7 - Possibilidade de vinculação em QA/QE;

8 - Transição dos atuais para os novos QZP;

9 – Notas.

B – Burocracia

C - Índices Remuneratórios para Professores Contratados

D - Acesso aos 5º e 7º Escalões

E ─ Questões relativas à valorização da carreira docente.

F – Ensino de Português no Estrangeiro

 

Clique aqui para consultar, no site da FNE, o Parecer integral da federação sobre as propostas apresentadas pelo ME, na reunião de 18 de janeiro.


Porto, 24 de janeiro de 2023

A Comissão Executiva


Voltar ao topo