FNE apresenta em conferência de imprensa os seus contributos para a preparação do ano letivo de 2020/21
Comunicados

FNE apresenta em conferência de imprensa os seus contributos para a preparação do ano letivo de 2020/21

Amanhã, 3 de julho, às 11h00m, a FNE (Federação Nacional da Educação) promove uma conferência de imprensa nas suas instalações em Lisboa, nas Escadinhas da Praia, 3 - 2º esquerdo, para apresentar publicamente os seus contributos para a preparação do ano letivo de 2020/21 e fazer um balanço do ano letivo que agora termina.

Estes foram tempos de emergência e torna-se agora essencial preparar o lançamento do próximo ano letivo, tendo em conta a nova realidade com que estamos confrontados e foi neste quadro que a FNE elaborou o documento "A Educação em tempos de emergência – Na defesa intransigente da educação e dos seus profissionais, no combate às desigualdades sociais", onde apresenta e justifica as suas expetativas e ideias relativamente a:

- Lições que se devem tirar deste período e dos desafios que colocou à Educação

- Medidas de saúde públicas a serem aplicadas na abertura do próximo ano escolar

- Investimento que é necessário fazer na Educação

- Propostas para uma nova organização curricular para 2020/2021 

- As novas condições de exercício profissional docente

- Organização das orientações necessárias para o Pessoal de Apoio Educativo.

Foi um ano letivo excecional e excecional foi também o trabalho dos professores, quer pela intensidade, quer pela novidade na forma de ensinar os alunos desde março, com toda a exigência que isso colocou a cada docente, facto que torna obrigatória nomeadamente a regulamentação do teletrabalho do professor.

Mas a questão da valorização do papel do professor, do rejuvenescimento do corpo docente, da formação contínua, das despesas com meios tecnológicos e materiais, são temas que não deixamos cair e pelos quais vamos continuar a lutar na expetativa que o Ministério da Educação inicie um processo negocial relativo aos diplomas de enquadramento da organização do ano letivo de 2020/2021, tendo em atenção as especiais circunstâncias que o País vive e que vão exigir procedimentos e organização diferentes dos habituais.

 

Convidamos todos os Órgãos de Comunicação Social a acompanharem esta iniciativa.

 

Porto, 2 de julho de 2020

A Comissão Executiva

Voltar ao topo