FNE apresenta em conferência de imprensa o seu Manifesto para as Eleições Europeias
Comunicados

FNE apresenta em conferência de imprensa o seu Manifesto para as Eleições Europeias

A Federação Nacional da Educação (FNE) realiza no próximo dia 9 de maio de 2019 – Dia da Europa, às 11h, no Novotel – Avenida José Malhoa, 1, em Lisboa – uma conferência de imprensa de apresentação pública do Manifesto da FNE para as Eleições Europeias de 26 de maio de 2019.

Para a FNE, estas eleições vão ser decisivas para todos os cidadãos europeus e é por isso essencial a mobilização de todos; não podemos repetir ou aumentar as taxas de abstenção que se registaram nas últimas eleições europeias. Temos de contribuir para uma forte participação de todos neste ato eleitoral.

Mas também é essencial, para a FNE, que os votos, por toda a Europa, se mobilizem para Partidos que sejam favoráveis a uma agenda europeia que assegure que a Europa continuará fundada na democracia e na justiça social, em salários justos e numa transição socialmente justa para uma economia digital e sustentável.

Enquanto cidadãos europeus, temos consciência de que a União Europeia tem um impacto significativo no nosso quotidiano e que por isso não podemos deixar de participar de uma forma civicamente empenhada na mobilização de todos para estas eleições.

É neste contexto então que a FNE apresenta um Manifesto para as Eleições Europeias, no qual identifica as prioridades para o futuro da Europa: UMA EUROPA MAIS FORTE PELA EDUCAÇÃO COM UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE EM PORTUGAL.

Este Manifesto integra 4 vetores:

- Educação de qualidade para todos;

- Aumento do investimento público e atratividade das profissões em educação;

- Fortalecimento do diálogo social e envolvimento dos sindicatos da educação nos processos de tomada de decisão;

- Promoção da cidadania democrática e da inclusão.

O Manifesto integra ainda 15 propostas que são apresentadas com o horizonte da Legislatura do Parlamento Europeu de 2019 até 2024.

Convidamos todos os órgãos de comunicação a acompanhar esta iniciativa. 

 

Porto, 6 de maio de 2019

A Comissão Executiva

Voltar ao topo