Conselhos de turma para avaliação não devem ser presenciais
Ação sindical

Conselhos de turma para avaliação não devem ser presenciais

A FNE está a receber informações de que em algumas escolas se está a proceder à marcação de reuniões de avaliação de final de segundo período com caráter presencial, a decorrerem na próxima semana.

Não se justifica que, para este efeito, se tenha de provocar, nem a deslocação dos docentes para as escolas, nem a sua presença no espaço escolar, para uma tarefa que pode realizar-se a distância.

A FNE entende que esta prática é totalmente desajustada em relação à situação que se vive no nosso País, devendo ser rapidamente corrigida.

Voltar ao topo