Consulta da FNE avalia condições de abertura do novo ano letivo
Comunicados

Consulta da FNE avalia condições de abertura do novo ano letivo

A Federação Nacional da Educação (FNE) vai lançar, entre 17 e 23 de setembro, uma Consulta Nacional online a professores e trabalhadores não docentes, para avaliar, de forma detalhada, as condições de abertura do ano letivo 2021/2022.

Com este questionário, a FNE pretende perceber se estão a ser cumpridos os procedimentos de segurança adequados aos tempos de pandemia e que problemas afetam as condições de trabalho e o bem-estar de todos os participantes na vida escolar.

Depois das consultas de abril e junho relativas ao regresso às aulas presenciais e ao balanço do ano letivo 20/21, que evidenciaram a necessidade de reiterar ao Governo a sua responsabilidade de dotar as escolas e os professores dos recursos e condições que lhes permitam a definição e a concretização de estratégias de recuperação para as suas crianças e jovens, a FNE procura agora avaliar o que de positivo e menos positivo está a acontecer na abertura deste novo ano letivo, que inclui inúmeros e complexos desafios para as escolas.

Este é mais um ano letivo em que se exige prudência, confiança e segurança em todos os momentos letivos aos docentes portugueses, tanto em território nacional como no Ensino Português no Estrangeiro (EPE). E mais uma vez os educadores e professores portugueses estão prontos para garantir um empenho, dedicação e profissionalismo inabaláveis, continuando envolvidos na disponibilização de um ensino de qualidade, mesmo em ocasiões desafiantes, acompanhados sempre pela bravura dos Trabalhadores Não Docentes, confrontados com enormes deficiências estruturais e insuficiência de recursos.

A FNE pretende desta forma alertar o Governo para a necessidade de cumprir o desafio do crescimento do investimento em Educação, para que se reúnam as condições financeiras indispensáveis à promoção de uma educação de qualidade. Na prática, condições que permitam a melhoria das condições de vida e de trabalho e o bem-estar emocional de todos quantos trabalham nas escolas, bem como para a necessidade de se insistir na continuação do cumprimento de todas as normas de conduta, que protejam a saúde pública.

Esta Consulta Nacional estará disponível no site da FNE entre 17 e 23 de setembro de 2021. Os resultados serão divulgados posteriormente.

 

Porto, 16 de setembro de 2021

A Comissão Executiva da FNE


Comunicado em PDF

Voltar ao topo